Energia solar e hidrogênio geram eletricidade durante o ano todo

hidrogenio_solar

O engenheiro civil Mike Strizki é o primeiro norte americano a viver em uma casa totalmente abastecida por energia solar e hidrogênio. Ele projetou e montou todo o sistema que conta com painéis solares, células de combustível a hidrogênio, tanques de armazenamento e uma unidade para a eletrólise da água conhecida como electrolyzer. O sistema converte eletricidade gerada por fontes renováveis em hidrogênio. Em dias de sol, painéis solares instalados no telhado da garagem geram mais eletricidade do que o necessário para abastecer sua casa. O excesso é utilizado para a eletrólise onde as moléculas de água são quebradas em seus átomos oxigênio e hidrogênio. Com esse sistema, o engenheiro consegue energia suficiente para sua casa durante todo o ano. Sua conta de energia elétrica é zero.

Após a eletrólise, o oxigênio é liberado para a atmosfera enquanto que o hidrogênio é armazenado em dez tanques de propano de 3700 L cada localizados em sua propriedade. No inverno, quando os painéis solares coletam menos energia do que a casa necessita, o hidrogênio armazenado é encaminhado para uma célula de combustível do tamanho de um aparelho de ar condicionado para a geração de eletricidade. Embora especialistas considerem que o sistema ainda está longe para ser adotado amplamente devido a seu elevado custo (cerca de $500 mil dólares), o americano pondera: “na minha opinião, nada é tão difícil ou tão caro para salvar o meio ambiente”.

Via The Christian Science Monitor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: