Biogas Personal Machine – transforme dejetos em combustível

sintexSintex, uma empresa Indiana produtora de materiais plásticos, desenvolveu um biodigestor bastante simples capaz de transformar dejetos em algo bastante útil: energia. O biodigestor pode ser abastecido com qualquer material orgânico. A decomposição desse material gera, entre outros produtos finais, gás metano, que é coletado e armazenado para uso posterior.

Um digestor de 1 metro cúbico inoculado com esterco de gado, é capaz de converter os resíduos produzidos por uma família de 4 pessoas em gás metano em quantidade suficiente para ser utilizado no cozimento de alimentos além de gerar lodo para ser utilizado como fertilizante.

O modelo de 1 metro cúbico custa aproximadamente $425 dólares. Segundo alguns estudos, esse valor pode ser recuperado em menos de dois anos pela economia de energia. Até o momento, a empresa instalou apenas 100 desses biodigestores em toda a Índia.

Via CNNMoney.com

Anúncios

Compostagem "indoor" simplificada

naturemill1

A compostagem é uma técnica geralmente realizada ao ar livre, no fundo do quintal e de preferência escondido para não disseminar os odores desagradáveis. Porém, já há uma alternativa: a composteira “indoor” criada pela empresa america NatureMill.

Produzida para encaixar perfeitamente sob a pia da cozinha, essa composteira pode processar até 55 Kg de resíduos orgânicos por mês consumindo apenas 10 watts de energia. Segundo a empresa, o aparelho não produz nenhum cheiro desagradável e não atrai moscas.

O processo de compostagem é realizado em uma câmara interna selada. Um pequeno ventilador é responsável pela introdução de ar à câmara. O aparelho conta ainda com uma barra misturadora e um aquecedor que mantêm o processo funcionando na temperatura correta. Uma luz vermelha indica quando o composto ficou pronto podendo ser retirado – uma vez a cada duas semanas segundo a empresa fabricante.

A composteira pode receber cerca de 2Kg de resíduos por dia e, diferentemente da compostagem realizada no quintal, pode receber restos de carne, peixe e frango, devido à elevada temperatura do processo e à câmara isolada.

Preços iniciam em U$299.

Via NatureMill

Hidropônicos no apartamento

hydroponics1

Para quem quiser cultivar seus vegetais dentro do próprio apartamento sem precisar sujar as mãos de terra vai aí uma dica: o AeroGarden, da Earthtech Products, permite o cultivo de vegetais como alface, tomate, pimenta, sem utilizar terra, somente com água, luz elétrica e nutrientes.

O AeroGarden vem com kits de sementes e possui um microprocessador que controla a iluminação e a quantidade de água e nutrientes necessários, tudo de acordo com a programação referente ao tipo de vegetal a ser cultivado.

O fabricante informa que cada kit de sementes produz vegetais por cerca de 4 meses e que a “colheita” pode começar apenas 21 dias após o “plantio”. Além dos vegetais mais comuns, há a possilibidade do cultivo de diversas ervas e temperos, como o coentro, cebolinha verde, manjericão, salva e hortelã. Cada pacote adicional de sementes custa cerca de $20 dólares.

hydroponics

Sua operação parece mesmo simples. No site da empresa há informações acerca do funcionamente do produto. Inicialmente, deve-se inserir os pacotes com as sementes, adicionar água, colocar algumas gotas de nutrientes e ligar o AeroGarden. E a cada duas semanas, o aparelho emite um alerta para a adição de nutrientes.

$148.95 dólares na Earthtech.